• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • LinkedIn - círculo cinza

Sobre ruína e fotografias: imersão em torno do Alagoinhas

Ensaio visual / TFG em Arquitetura e Urbanismo

Este ensaio visual faz parte do Trabalho Final de Graduação intitulado Sobre ruína e fotografias: imersões em torno do Alagoinhas, apresentado em julho de 2014 na FAU/UFAL sob orientação da Profª. Drª. Maria Angélica da Silva. As fotografias foram feitas entre os anos de 2012 e 2014.

O trabalho investiga a fotografia como processo de produção de arquitetura a partir de experimentações temporais e de processos fotográficos analógicos e digitais.

Acredito que fazer arquitetura não se resume apenas desenvolver um projeto arquitetônico, plantas, vistas, cortes, perspectivas ou imagens digitais através de recursos da computação gráfica. Acredito que a arquitetura também é produzida através de textos, fotografias, vídeos, intervenções artísticas, performances e outras formas de agir no espaço. Produz-se arquitetura sobretudo ocupando o espaço da cidade.

Em Sobre ruína e fotografias: imersões em torno do Alagoinhas, tudo foi desencadeado a partir dos percursos em torno do sítio geográfico e do entorno urbano, imersões que se desdobraram em textos e em fotografias, que por sua vez implodiram questionamentos que foram materializados mais um vez sob a forma de texto.

A fotografia, portanto, incorporou-se ao processo de reflexão sobre arquitetura e cidade, ela foi uma ferramenta crítica.

 

-

Sobre a ruína: o Alagoinhas

A ruína do antigo Alagoas Iate Clube, popularmente conhecido apenas como Alagoinhas, está inserida na praia de Ponta Verde, que juntamente com a da Pajuçara compõem o principal cartão-postal de Maceió. Contudo, essa ruína não se destaca apenas por sua localização, mas também por sua implantação dentro do mar. O mar torna-se, portanto, um elemento arquitetônico de enorme efeito cênico e que, além disso, atribui certo misticismo à ruína que se reconfigura a partir das mudanças das fases da lua. Entre a preamar e a maré baixa o edifício se modifica, assim como parece renova os seus humores.

-

Clique aqui para baixar o trabalho.

Como citar: ALMEIDA, Luísa Estanislau Soares de Almeida. Entre ruína e fotografias: imersões em torno do Alagoinhas. Trabalho Final de Graduação (Curso de Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2014.